Calero and Temer

Qual o papel do governo na cultura?

Previsivelmente, muitos artistas e pessoas simpáticas ao governo da presidente afastada Dilma Rousseff reagiram negativamente a reversão do Ministério da Cultura ao status de secretaria vinculada ao Ministério da Educação pelo governo interino do presidente em exercício Michel Temer. A reação desses grupos é em grande parte infundada, já que toda a estrutura do antigo MinC se mantém idêntica, com a alteração tendo sido de caráter puramente simbólico para cumprir a promessa feita de diminuir a quantidade de ministérios. Mesmo assim, essa situação abre uma janela de oportunidade para discutirmos com sinceridade que papel queremos que o governo cumpra no setor de cultura, principalmente no que diz respeito a incentivo e subsídio a produções artísticas.

Read more

3 anos ago

Plebiscito, conselhos populares e outras coisas mais

Não é novo o discurso do PT de fazer uma reforma política com base em um plebiscito, de instaurar conselhos populares junto à órgãos da administração e de regulamentar a imprensa. O partido afirma que seriam formas de trazer mais participação popular, mas muita gente, entre juristas, parlamentares, jornalistas e cientistas políticos, têm se manifestado contra, taxando essas ideias de antidemocráticas. Entretanto, se envolvem mais o povo e o trazem para dentro das decisões do governo, como essas ideias poderiam ser antidemocráticas? Para entender esse argumento, precisamos primeiro entender como funciona a nossa democracia e o que são democracias direta e representativa.Read more

5 anos ago

Observações sobre as eleições de 2014

Algumas observações pós eleitorais:

1. A campanha foi suja, mas Dilma foi reeleita legitimamente. E não, a culpa não é do nordeste.

2. A oposição perdeu a eleição, mas por muito pouco. Ela saiu mais forte e unida que nunca. Isso é bom para a democracia.Read more

5 anos ago

Declarando o voto

Não odeio o PT, nem os petistas e não acho que existe voto certo ou errado. Cada um vota de acordo com seus próprios critérios e, por isso, todas as opções são válidas. Acho, inclusive, que o PT fez coisas boas em seus 12 anos no poder. A transformação dos programas sociais criados durante o governo FHC no Bolsa Família e a sua subsequente expansão realmente ajudaram a tirar muita gente da miséria e a colocar mais crianças na escola. A volta atrás de Lula em todo o seu discurso tradicional e a decisão dele de manter o modelo econômico consolidado no segundo governo FHC também foram importantes, tendo sido ao mesmo tempo atos de coragem e atitudes responsáveis. Meu voto, entretanto, não vai para o PT.Read more

5 anos ago